quinta-feira, 28 de maio de 2009

A "Amiga"

Boa noite caros leitores!

Gostaria de agradecer mas uma vez as suas visitas e a atenção que vocês deram as minhas humildes palavras.

Venho aqui hoje contar mais um ocorrido comigo, antes de iniciar quero dizer que não sou nenhum tolo, e que esse fato aconteceu em uma época diferente dos relatados anteriormente.

Eu tinha uma amiga muito próxima à mim, agente fazia quase tudo juntos, saíamos, conversavamos e etc. Dai o sentimento começou a evoluir, eu creio que era de ambos os lados, uma vez que ficavamos as vezes de mãos dadas quando assistiamos filmes, ou nos acariciando. Teve um dia que nós deitamos na mesma cama e eu comecei a massageá-la(ela adorava minhas massagens) a beijá-la no braço, no pescoço, menos na boca.
Nessa época ela tinha namorado, então eu deixava subentendido o que eu queria e tinha convicção que o sentimento era recíproco.
Então um dia antes de nós nos separarmos algumas semanas, por causa de uma viagem minha,ela pediu para que eu sempre liga-se para ela e não parasse de conversar com ela, eu prometi que sim.

Então quase todos os dias eu comecei a ligar para ela, dai conversávamos, ela falava que estava com muitas saudades e que era para eu voltar e passar um tempo com ela. Não demorou muito para ela terminar o namoro dela, que já estava muito gasto.Pelo telefone ela me contou. Nem vou mentir que gostei da noticía, mas por outro lado passou alguns dias ela fez isso eu pensei "por que não o fizera enquanto eu estava perto dela?".

Os dias foram passando e eu a senti um pouco distante, mas não liguei, eu também tinha que aproveitar minha viagem. Eu pensava muito em nós dois, e um dia eu fiquei com muitos ciúmes quando ela me contou que havia ficado com um garoto no carnaval. Apesar de ser normal em uma festa dessas acontecer isso, eu acreditava que ela não queria um cara que não fosse eu, uma vez que ela sempre enaltecia minhas qualidades.

Eu voltei para a cidade e então eu marquei logo de me encotnrar com ela, fiquei muito ansioso e nervoso, queria muito logo desenrolar isso, dizer o que eu pensava, que nós dois seriamos ótimos um apra o outro.

Nunca vou me esquecer desse fatídigo dia, em que na porta da sua casa eu contei tudo o que se passava com meus sentimentos. Mas quando me aproximei dela para tentar acariciá-la e beijá-la, ela recuou e retirou suas mãos das minhas, com despreso. Repetindo "não, você não quer isso".

Ela falou que não dava para nós sermos mais que amigos, que ela não me via mais que isso e que não queria nenhum relacionamento sério, queria aproveitar a vida de solteira. Eu me senti um traste. Uma tristeza enorme bateu em meu peito. Quando cheguei em casa procurei uma amiga para relatar o que havia acontecido e chorei muito.

Não sou de chorar, isso que me espantou, mas o impacto no meu peito foi tão grande que eu me senti por um momento a pessoa mais desafortunada no mundo.

Passado uns dias voltei a conversar com ela. Então ela falou comigo uma coisa estarrecedora. Que havia mentido para mim, que já estava namorando(com outro cara, sem ser o ex dela) já fazia algumas semanas. Todo aquele papo de "aproveitar a vida de solteira" não passou de uma história infantil inventada.Ela provou para mim que era mais criança do que eu pensava.

Hoje ela ainda tem a cara de pau(desculpem o termo caros amigos) de quando me vê falar que está com saudades, detalhe; ela ainda está namorando.

É caros amigos, já diziam que minha vida daria um belo filme. Só espero que não acabe virando um filme de drama.

Obrigado pela anteção.

quarta-feira, 27 de maio de 2009

Boa noite caros leitores!

Primeiramente, obrigado pela atenção dada ao meu humilde blog e minhas palavras soltas.

Vou contar um caso para vocês, para terem cuidado com as pessoas e com a falsidade.

A um tempo atrás eu vinha engajado em uma batalha épica para conquistar uma mulher, como vocês puderam perceber pelos meus posts. Passou-se um bom tempo, creio que três meses, e em ambos os lados soltava-se palavras de "eu estou apaixonado por você" e coisas do tipo.

Não se engane caro leitor, não sou burro, apesar de conversar com a garota apenas pela internet peguei referências dela, ela era digamos conhecida, mas nunca à tinha visto pessoalmente.

Como eu moro longe dela guardei um dinheiro considerável para visíta-la, 14 horas aproximadamente de ônibus(ida e volta 28 horas), comprei-lhe um presente, fiz uma surpresa e uma visita, mas quando lhe abri o coração e falei "então, é isso que sinto", ela simplesmente falou que não sentia o mesmo por mim, que eu entendi errado e que queria que nós fossemos apenas amigos.

Apenas amigos? Ela falava em me bejar, fazer carinho, passar a noite juntos, que eu era tudo que ela sempre sonhava, que eu não deveria iludí-la, etc. Mas me fez gastar tempo, dinheiro e paciência para receber um não.

Pior de tudo, caros amigos, é descobrir que essa mulher é daquelas que adoram ficar com vários caras, se aventurar com vários rapazes, se é que vocês me entendem, a maioria deles sem conteúdo.

Então cuidado amigos, as pessoas podem te usar, manipular e fazer cada coisa que você não acredita, pelo simples motivo de poder fazer.

Vocês já devem ter passado por uma coisa parecida, ou se ainda não passarem tomem cuidado!Pois assuntos ligados à sentimentos geralmente inibem muito nossa razão.

Obrigado pela atenção.

segunda-feira, 25 de maio de 2009

O Egoísmo

Boa noite caros leitores!

Hoje queria descutir com vocês uma coisa um tanto quanto sensível, mas ao mesmo tempo pertinente.

O egoísmo, sim, egoísmo.

Já pensou para parar o tanto que muitas pessoas ao seu redor e as vezes você, meu amigo leitor, está se preocupando muito com sua vida e esquecendo da dos outros?Não?

Eu no meu dia à dia noto o tanto que as pessoas estão tão preocupadas com o que usar na próxima festa, com o que pode acontecer na prova de amanhã, com o trabalho mal feito no serviço e etc.
Essas pessoas que se preocupam demasiadas consigo mesmo acabam ferindo passivamente aos outros ao seu redor, ao só falar delas, de seus problemas, ou de suas vantagens, esquecendo que a pessoa ao seu lado também passa por tudo isso(ou muito pior).

É triste de se ver garotas fúteis saindo de uma loja felizes pois ficaram lá quase duas horas procurando um vestido ideal, que usaram duas vezes(se muito) em suas vidas. Depois no final da estréia do vestido da festa, ficam se queixando porque um sujeito não deu bola para elas, ou que o vestido manchou ou chora por ter bebido demais e querer chamar atenção, falando que sua vida é uma droga.

Enquanto isso tem umas pessoas, de olhares fundos e inseguros, tristes e pedintes, na porta do estabelecimento, pedindo qualquer centavo para comer algo, para ter um pingo de esperança de sobrevivência por miseras horas no dia.

Então meu amiguinho, se quiser valorizar sua vida, suas qualidades e perceber o quão agradecido você deve ser por sua vida, perceba essas pessoas na rua. Ajude-as se possível, tente entender o universo delas.

Se um dia estiver se sentindo mal, recomendo que não leia um livro de auto-ajuda(que hoje é um mercado muito promissor, uma vez que a pessoa ganha dinheiro falando o óbvio, que se ela fosse tão boazinha assim passava de graça a informação), mas leia um livro como Vidas Secas, de Graciliano Ramos. Provavelmente irá abrir seus olhos.

Então, como estão suas vidas agora?

domingo, 24 de maio de 2009

Propaganda Enganosa

Boa noite caros leitores!Muito obrigado pela atenção que deram a esse blog!

Não se enganem se eu pareci emo com o post anterior, apenas estava transmitindo meus pensamentos, como falei acima.

A vida é um enigma a ser decifrado.

Falando em mulheres, é espetacular o que elas dizem de você depois de te conhecerem: "você épara casar", "você é muito legal", "gente fina", etc etc. Mas na hora H elas pulam fora e dizem "não posso ter nada com você, você é meu amigo" ou "você entendeu tudo errado".

Isso é deveras chato, você é o cara legal, é o que serve até para casar, mas no final das contas ela fica com um asno sem cultura que faz mal para ela e você sabe que vai usá-la, e no depois ele usa ela mesmo e dá um belo pé na bunda.

Irônico elas dizem que procuram caras como nós, legais, mas terminam com os caras que dizem que odeiam, os asnos.

Inauguração do Blog!

Bom dia caros leitores!Estou inaugurando oficialmente este blog para que dividir com vocês, ó caros leitores, meu pensamentos, e que vocês, se quiserem, em troca compardilhem os seus comigo.

Agora, se puderem me respondam, porque diaxo ela fica com todo mundo mas não fica comigo?

Agradecido,

A.