quinta-feira, 28 de maio de 2009

A "Amiga"

Boa noite caros leitores!

Gostaria de agradecer mas uma vez as suas visitas e a atenção que vocês deram as minhas humildes palavras.

Venho aqui hoje contar mais um ocorrido comigo, antes de iniciar quero dizer que não sou nenhum tolo, e que esse fato aconteceu em uma época diferente dos relatados anteriormente.

Eu tinha uma amiga muito próxima à mim, agente fazia quase tudo juntos, saíamos, conversavamos e etc. Dai o sentimento começou a evoluir, eu creio que era de ambos os lados, uma vez que ficavamos as vezes de mãos dadas quando assistiamos filmes, ou nos acariciando. Teve um dia que nós deitamos na mesma cama e eu comecei a massageá-la(ela adorava minhas massagens) a beijá-la no braço, no pescoço, menos na boca.
Nessa época ela tinha namorado, então eu deixava subentendido o que eu queria e tinha convicção que o sentimento era recíproco.
Então um dia antes de nós nos separarmos algumas semanas, por causa de uma viagem minha,ela pediu para que eu sempre liga-se para ela e não parasse de conversar com ela, eu prometi que sim.

Então quase todos os dias eu comecei a ligar para ela, dai conversávamos, ela falava que estava com muitas saudades e que era para eu voltar e passar um tempo com ela. Não demorou muito para ela terminar o namoro dela, que já estava muito gasto.Pelo telefone ela me contou. Nem vou mentir que gostei da noticía, mas por outro lado passou alguns dias ela fez isso eu pensei "por que não o fizera enquanto eu estava perto dela?".

Os dias foram passando e eu a senti um pouco distante, mas não liguei, eu também tinha que aproveitar minha viagem. Eu pensava muito em nós dois, e um dia eu fiquei com muitos ciúmes quando ela me contou que havia ficado com um garoto no carnaval. Apesar de ser normal em uma festa dessas acontecer isso, eu acreditava que ela não queria um cara que não fosse eu, uma vez que ela sempre enaltecia minhas qualidades.

Eu voltei para a cidade e então eu marquei logo de me encotnrar com ela, fiquei muito ansioso e nervoso, queria muito logo desenrolar isso, dizer o que eu pensava, que nós dois seriamos ótimos um apra o outro.

Nunca vou me esquecer desse fatídigo dia, em que na porta da sua casa eu contei tudo o que se passava com meus sentimentos. Mas quando me aproximei dela para tentar acariciá-la e beijá-la, ela recuou e retirou suas mãos das minhas, com despreso. Repetindo "não, você não quer isso".

Ela falou que não dava para nós sermos mais que amigos, que ela não me via mais que isso e que não queria nenhum relacionamento sério, queria aproveitar a vida de solteira. Eu me senti um traste. Uma tristeza enorme bateu em meu peito. Quando cheguei em casa procurei uma amiga para relatar o que havia acontecido e chorei muito.

Não sou de chorar, isso que me espantou, mas o impacto no meu peito foi tão grande que eu me senti por um momento a pessoa mais desafortunada no mundo.

Passado uns dias voltei a conversar com ela. Então ela falou comigo uma coisa estarrecedora. Que havia mentido para mim, que já estava namorando(com outro cara, sem ser o ex dela) já fazia algumas semanas. Todo aquele papo de "aproveitar a vida de solteira" não passou de uma história infantil inventada.Ela provou para mim que era mais criança do que eu pensava.

Hoje ela ainda tem a cara de pau(desculpem o termo caros amigos) de quando me vê falar que está com saudades, detalhe; ela ainda está namorando.

É caros amigos, já diziam que minha vida daria um belo filme. Só espero que não acabe virando um filme de drama.

Obrigado pela anteção.

5 comentários:

  1. a-aham!
    com certeza sua vida daria um filme
    ;O
    que menina safada
    meeudeus!
    fiquei passada
    mt mancada
    ;/

    ResponderExcluir
  2. huahua...

    Vida que vira filme antes deve virar um livro,cara!

    mulheres...

    ResponderExcluir
  3. Cara, esquece essa mina!!
    Ñ tem nada pra fazer e fica brincando com os sentimentos dos outros!!!

    Notícias, Fatos, Desinformação, Bizarrisses...
    .
    .
    Blog do Leonardo - http://leonardobslima.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Mas que menina desavergonhada como diria minha avó, e pior q você acreditou que era recíproco. Por isso que eu digo, tem certas mulheres que não merecem a piriquita que tem :( ( seguindo o blog) Kisses

    ResponderExcluir
  5. tsc..tsc..tsc.. a velha história de "ser apenas bons amigos".
    e tem nego q ainda cai nela.
    ¬¬'
    boa sorte na próxima.

    ResponderExcluir